GOVERNANÇA CORPORATIVA A ALIADA NA GESTÃO DAS FINANÇAS NAS ORGANIZAÇÕES


REGISTRO DOI: 10.5281/zenodo.10720369


Claudinéia Correia dos Santos1


RESUMO
O presente estudo tem como principal foco abordar o tema a importância da governança corporativa para a gestão financeira. O objetivo geral é compreender o que é e qual a importância da Governança Corporativa para a gestão das finanças nas organizações. Para tanto, definiram-se os seguintes objetivos específicos: apresentar e conceituar governança corporativa; analisar a importância do controle; entender a importância da Governança Corporativa para saúde financeira das empresas . Abordar o tema a importância da governança corporativa para a gestão financeira ,justifica-se porque uma estrutura de governança corporativa é essencial para uma gestão financeira eficaz de uma organização. Assim, é possível notar a importância da Governança Corporativa para a Gestão Financeira pode impactar direta ou indiretamente na saúde financeira da organização bem como nos rumos que a organização irá tomar, pois ela garante que as decisões sejam tomadas de forma correta e que os recursos sejam utilizados de forma adequada. Além disso, ela ajuda a mitigar os riscos financeiros e aumentar a rentabilidade. O presente estudo consiste em pesquisa aplicada, de caráter exploratório e descritivo, com resultados tratados de maneira qualitativa, a partir da coleta de informações em fontes secundárias. Com o levantamento de informações ao longo da pesquisa e da análise das informações, foi possível concluir que a governança corporativa é uma importante ferramenta de gestão das finanças nas organizações. Ela garante a eficiência e a transparência nas operações.
Palavras-chave: Gestão. Governança Corporativa. Finanças.

ABSTRACT
The main focus of this study is to address the issue of the importance of corporate governance for financial management. The general objective is to understand what it is and what is the importance of Corporate Governance for the management of finances in organizations. To this end, the following specific objectives were defined: to present and conceptualize corporate governance; analyze the importance of control; understand the importance of Corporate Governance for the financial health of companies. Addressing the issue of the importance of corporate governance for financial management is justified because a corporate governance structure is essential for an organization's effective financial management. Thus, it is possible to note the importance of Corporate Governance for Financial Management, which can directly or indirectly impact the financial health of the organization as well as the directions that the organization will take, as it ensures that decisions are made correctly and that resources are used properly. In addition, it helps to mitigate financial risks and increase profitability. The present study consists of applied research, of an exploratory and descriptive nature, with results treated in a qualitative way, based on the collection of information from secondary sources. With the collection of information throughout the research and analysis of the information, it was possible to conclude that corporate governance is an important financial management tool in organizations. It guarantees efficiency and transparency in operations.
Keywords: Management. Corporate Governance. Finance.

1 Introdução

O presente artigo tem como foco principal demonstrar como a importância Governança Corporativa é importante para a Gestão Financeira nas organizações.

Nas palavras de (Oliveira, 2006) a governança corporativa é o conjunto de práticas administrativas para otimizar a performance das empresas com seus negócios, produtos e serviços ao proteger, de maneira equitativa, das partes interessadas, facilitando o acesso às informações básicas e melhorando o modelo de gestão.

Desta forma discutir sobre a importância da Governança Corporativa para a Gestão Financeira. Justifica-se, pois uma estrutura de governança corporativa é essencial para uma gestão financeira eficaz de uma organização. Assim, é possível notar a importância da Governança Corporativa para a Gestão Financeira pode impactar direta ou indiretamente na saúde financeira da organização bem como nos rumos que a organização irá tomar, pois ela garante que as decisões sejam tomadas de forma correta e que os recursos sejam utilizados de forma adequada. Além disso, ela ajuda a mitigar os riscos financeiros e aumentar a rentabilidade. Assim sendo, o presente artigo pesquisa estabeleceu como problema de pesquisa: como a governança corporativa pode contribuir com a gestão financeira das organizações? E foi determinado como objetivo geral o seguinte: como a governança corporativa pode contribuir com a gestão financeira das organizações? Para alcançar o objetivo geral, estabeleceu-se os seguintes objetivos específicos: apresentar e conceituar governança corporativa; analisar a importância do controle; entender a importância da Governança Corporativa para saúde financeira das empresas.

O presente estudo consiste em pesquisa aplicada de cunho bibliográfico que, de acordo com (Cervo & Bervian, 2007) a pesquisa bibliográfica procura explicar um problema a partir de referências teóricas publicadas em artigos, livros, dissertações e teses, que visa conceituar e demonstrar a importância da Governança Corporativa para a Gestão Financeira

2 Governança Corporativa

Como é de conhecimento de todos que para que para uma em empresa ter uma boa saúde financeira é fundamental que se tenha uma gestão dos recursos financeiros eficiente e de acordo com as melhores práticas de mercado, pois isso impacta de forma direta e positiva nas direções em que a organização objetiva. Nesse sentido, a gestão das finanças das organizações foi elevada a um outro patamar que vai muito além do fluxo de caixa, hoje vê-se que a gestão das finanças das organizações está envolta em um conjunto de boas práticas e ações que objetivam elevar ao máximo os seus resultados financeiros bem como econômicos.

Para que isso ocorra, a organização deverá fornecer subsídios para que possa estar pautada em princípios , valores que visam boas práticas. Diante do exposto a organização deve ter uma política de governança corporativa clara e objetiva.

De acordo com o (INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA, 2022),

A governança corporativa é o sistema que assegura aos sócios proprietários o governo estratégico da organização e a efetiva monitoração da diretoria executiva. A relação entre propriedade e gestão se dá através do conselho de administração, da auditoria independente e do conselho fiscal, instrumentos fundamentais para o exercício do controle. A boa governança corporativa assegura aos sócios equidade, transparência, responsabilidade pelos resultados (accountability) e obediência às leis do país (compliance).

2.1 Princípios Fundamentais da Governança Corporativa

Os princípios básicos de governança corporativa permeiam, em maior ou menor grau, todas as práticas do Código, e sua adequada adoção resulta em um clima de confiança tanto internamente quanto nas relações com terceiros.

Entre os princípios básicos da Governança Corporativa, segundo o (INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA, 2022), podemos listar:

Transparência - Consiste no desejo de dispor para todas as partes interessadas as informações que sejam de seu interesse e não apenas aquelas impostas por disposições de leis ou regulamentos. Não deve restringir-se ao desempenho econômico-financeiro, contemplando também os demais fatores (inclusive intangíveis) que norteiam a ação gerencial e que conduzem à preservação e à otimização do valor da organização.

Equidade - Caracteriza-se pelo tratamento justo e isonômico de todos os sócios e demais partes interessadas (stakeholders), levando em consideração seus direitos, deveres, necessidades, interesses e expectativas.

Prestação de Contas (accountability) - Os agentes de governança precisam prestar contas de sua atuação de modo claro, conciso, compreensível e tempestivo, assumindo de forma integral todas as consequências de seus atos e omissões e atuando com diligência e responsabilidade no âmbito dos seus papéis

Responsabilidade Corporativa - Todos os agentes envolvidos na governança necessitam cuidar pela viabilidade econômico-financeira das organizações, reduzir as externalidades8 negativas de seus negócios e suas operações e aumentar as positivas, levando em consideração, no seu modelo de negócios, os diversos capitais (financeiro, manufaturado, intelectual, humano, social, ambiental, reputacional etc.) no curto, médio e longo prazos.

2.2 Governança Corporativa no Mundo

Não é possível afirmar que um modelo de governança é capaz de atender todos tipos de empresas existentes (Mazzali & Ercolin, 2018).Portanto, a governança corporativa pode variar de acordo com o local no qual é adotada, podendo ser adaptada de acordo com a cultura e a realidade afim de atender seus objetivos (Mazzali & Ercolin, 2018).

De acordo com estudo realizado por (Formenti, 2018) destaca que, mesmo apesar de a maioria das empresas utilizarem dos recursos básicos de controle e gestão financeira, tais processos são aplicados de maneira bastante simplista, sem critérios específicos, induzindo a erros de interpretação por parte dos empresários, e podendo resultar em perda de rentabilidade e impossibilidade de captação de recursos.

2.3 Gestão das Finanças

Segundo (Junqueira, 2022) a gestão financeira é uma rotina fundamental nas empresas, por meio dela é possível obter informações essenciais para o controle, acompanhamento e planejamento das atividades econômicas. Com essas informações os empresários poderão optar por investimentos e manter o controle de seus recebimentos e pagamentos.

A gestão financeira é um aspecto importante para a manutenção e sobrevivência das empresas. (Costa, Aquino, & Demarchi, 2022) relatam que, a gestão financeira compreende uma área de estudo que aborda temas relacionados às finanças empresariais, e está diretamente ligada a movimentação de recursos, abrangendo também, outras áreas do conhecimento como: Administração, Economia e Contabilidade, com intuito de ofertar à organização e desempenho favorável na utilização de seus recursos.

O (SEBRAE, 2022) também aborda os controles financeiros como ferramentas importantes na tomada de decisão para os empresários. A correta utilização dos mecanismos de gestão, podem proporcionar relatórios e informações relevantes para o capital de giro, possibilitando maior clareza na hora de planejar novos investimentos, produtos e melhorias.

O (SEBRAE, 2022) destaca alguns dos controles financeiros cruciais para sobrevivência e desenvolvimento da empresa como o registro diário de caixa, controle bancário, contas a pagar, contas a receber, controle de vendas, controle de estoques, capital de giro e a gestão de custos.

3 Considerações Finais

Conforme apresentado ao longo deste artigo, é possível reforçar a importância do assunto abordado, visto que o mesmo pode impactar fortemente a saúde financeira e os rumos que a mesma deseja seguir. .

As informações e dados apresentados neste trabalho contribuem de forma siginificativa o campo de estudo governança corporativa para a gestão financeira das oragnizações , pois é sábido que uma boa gestão dos recursos financeiros é fundamental, bem como qual importante é a governança corporativa para as práticas de boas e melhores práticas na gestão das finanças. Sendo assim, uma boa politicas e praticas de governança corporativa contribui para uuqe se tenha um desenvolvimento econômico sustentável não somente hoje, mas como longo prazo, proporcionando assim melhorias na perfomance das corporaçções. Por estes motivos, torna-se tão importante ter conselheiros qualificados e sistemas de governança corporativa de qualidade, alinhado com as melhores praticas disponveis no mercado, evitando incontavéis fracassos empresariais como abusos de poder, erros e fraudes. Portanto, ter uma governança corporativa é uma importante ferramenta de gestão das finanças nas organizações. Ela garante a eficiência e a transparência nas operações.

Os conteúdos aqui apresentados demonstram que muitas outras pesquisas ainda podem ser realizadas sobre a importância da governança corporativa para a gestão financeira.

Devido à importância do tema e inúmeras contribuições para o meio acadêmico, com a finalidade de aprofundamento da informação. Assim, é pertinente que pesquisas futuras invertam a lógica de análise realizada neste artigo, e examinem com espírito crítico não só as práticas empresariais, mas principalmente a relevância da teoria sobre governança corporativa e sua importância para a gestão financeira

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Cervo, A. L., & Bervian, P. A. (2007). Metodologia científica. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Costa, É. S., Aquino, L. M., & Demarchi, L. (05 de 08 de 2022). Gestão Financeira. Cuibá, Mato Grosso, Brasil.

Formenti, M. C. (2018). Análise da gestão financeira nas micro e pequenas empresas de Osasco. Revista De Micro E Pequenas Empresas E Empreendedorismo, 40 - 61.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. (05 de 08 de 2022). Fonte: Governança. Disponível em: https://conhecimento.ibgc.org.br/Paginas/Publicacao.aspx?PubId=21138

INSTITUTO BRASILEIRO DE GOVERNANÇA CORPORATIVA. (08 de 05 de 2022). Fonte: Código das melhores práticas de governança corporativa. Disponível em: https://conhecimento.ibgc.org.br/Lists/Publicacoes/Attachments/21138/Publicacao- IBGCCodigo-CodigodasMelhoresPraticasdeGC-5aEdicao.pdf

Junqueira, G. (05 de 08 de 2022). Gestão Financeira no varejo: como tornar eficiente. Fonte: Infovarejo. Disponível em: https://www.infovarejo.com.br/gestao-financeira-no-varejo/

Mazzali, R., & Ercolin, C. A. (2018). Governança corporativa. Rio de Janeiro: FGV. Oliveira, D. d. (2006). Governança corporativa na prática. São paulo: Atlas.

SEBRAE. (05 de 08 de 2022). Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Goiás.

Micro e. Fonte: Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Goiás. Micro e. Disponível em: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/mt/noticias/micro-e-pequenas-empresasgeram-27-do-pib-do-brasil,ad0fc70646467410VgnVCM2000003c74010aRCRD


1 Mestre em Administração de Empresas pela MUST University. Pós-graduada em Gerenciamento de Projetos pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Pós-graduada em Gestão Estratégica de Negócios pelas Faculdades Metropolitanas Unidas. Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Ibirapuera. E-mail: [email protected]