A IMPORTÂNCIA DOS SISTEMAS ERP PARA A ANÁLISE DE NEGÓCIOS EM UMA ORGANIZAÇÃO


REGISTRO DOI: 10.5281/zenodo.10720356


Ana Elizia Oliveira da Silva1


RESUMO
Este artigo explora a importância dos sistemas de Planejamento de Recursos Empresariais (ERP) em desempenham um papel vital na melhoria da análise de negócios dentro das organizações. Ao fornecer uma plataforma integrada que reúne informações de várias áreas operacionais, esses sistemas aprimoram a capacidade das empresas de tomar decisões informadas e estratégicas. O artigo tem como objetivo apresenta um breve estudo sobre a importância em desenvolver os ERPs em prol do desenvolvimento significativo na análise de negócios dentro das organizações. Esse artigo foi construído mediante a utilização dos processos metodológicos de pesquisas, leituras, reflexões e estudos bibliográficos. Os ERPs unificam informações de departamentos como finanças, estoque, vendas e RH, eliminando arquivos de dados e fornecendo uma visão holística das operações. Isso cria uma base confiável para análises, permitindo que os gestores identifiquem tendências, oportunidades e desafios. Portanto, os sistemas ERP desempenham um papel essencial na melhoria das análises de negócios. Ao fornecer dados integrados, atualizados e confiáveis, eles capacitam as empresas a tomarem decisões mais informadas e estratégicas. Com relatórios mais eficientes e processos aperfeiçoados, os ERPs impulsionam a rapidez e a competitividade das organizações no âmbito organizacional em constante mudança.
Palavras-chaves: Planejamentos. Recursos. Empresariais. Organizações. Análise. Negócios.

ABSTRACT
This article explores the importance of Enterprise Resource Planning (ERP) systems in playing a vital role in improving business analysis within organizations. By providing an integrated platform that gathers information from various operational areas, these systems enhance a company's ability to make informed and strategic decisions. The article aims to present a brief study on the importance of developing ERPs for significant advancements in business analysis within organizations. This article was constructed using methodological processes of research, readings, reflections, and bibliographic studies. ERPs unify information from departments such as finance, inventory, sales, and human resources, eliminating data silos and providing a holistic view of operations. This creates a reliable foundation for analysis, allowing managers to identify trends, opportunities, and challenges. Therefore, ERP systems play an essential role in improving business analysis. By providing integrated, up-to-date, and reliable data, they empower companies to make more informed and strategic decisions. With more efficient reporting and streamlined processes, ERPs drive agility and competitiveness within organizations in a constantly changing business landscape.
Keywords: Planning. Resources. Enterprise. Organizations. Analysis. Business.

1 Introdução

A análise de negócios desempenha um papel primordial na tomada de decisões através das informações e estratégicas dentro das organizações modernas. Porque a análise de negócios é um processo que possui um único objetivo de mudar dados em informações que possam contribuir diretamente nas soluções dos problemas nos âmbitos organizacionais (Moura 2022).

Portanto, a aptidão de avaliar e interpretar dados relevantes são elementares em identificar oportunidades, antecipar desafios e direcionar o crescimento empresarial (Samartin, 2021). Neste contexto, os sistemas de ERP emergiram como uma ferramenta fundamental para aprimorar a eficácia da análise de negócios.

Os sistemas ERP são soluções integradas que reúnem informações de várias áreas operacionais, como finanças, estoque, vendas e RH, proporcionando uma visão abrangente das operações organizacionais. Essa integração elimina os arquivos de dados que muitas vezes prejudicam a comunicabilidade e a ajuda dentro das organizações, criando uma base sólida para análises abrangentes (Moura 2022).

O artigo irá explorar a importância dos sistemas ERP no contexto da análise de negócios dentro das organizações em prol do crescimento positivo de todos envolvidos e para melhor compreensão e aperfeiçoamento do tema abordado, o artigo será apresentado mediante o estudo dos seguintes objetivos: Como os sistemas ERP impulsionam a análise de negócios nas organizações? Como é o desenvolvimento dos sistemas ERP e seu papel? Qual o verdadeiro impacto dos sistemas ERP na tomada de decisões em prol da ampliação da visão organizacional? E Quais os desafios e melhores práticas na execução de sistemas ERP para análise de negócios?

Neste artigo, teremos a possibilitada de examinar como os sistemas ERP capacitam as empresas a tomar decisões mais informadas, identificar tendências e enfrentar desafios de forma proativa. A metodologia aplicada e trabalhada neste artigo recorrente aos processos metodológicos de pesquisa, leituras e estudos bibliográficos com caráter avaliativo e apurativo, visando fornecer informações embasadas e confiáveis sobre o tema.

A discussão que se segue destaca os benefícios substanciais que os sistemas ERP fornecem às organizações que buscam aprimorar suas práticas de análise de negócios. Através de uma revisão abrangente da literatura existente, este artigo contribuirá para a compreensão mais profunda da relevância e do impacto dessas ferramentas tecnológicas no ambiente empresarial corrente. Conforme as organizações enfrentam desafios cada vez mais complexos e dinâmicos, a incorporação de sistemas ERP na análise de negócios emerge sendo um item essencial para alcançar o sucesso e a competitividade no mercado global (Moura 2022).

Ao final deste artigo, espera se que tenham uma compreensão mais aprofundada sobre a importância e a eficiência dos sistemas ERP na análise de negócios, assim como as estratégicas e as práticas para desenvolvê-las.

2 Como os sistemas ERP impulsionam a análise de negócios nas organizações?

Em um mundo empresarial cada vez mais complexo e interconectado, a gestão eficaz das operações requer um conhecimento amplo e integral nas diversas áreas operacionais. Os sistemas de ERP emergem como uma resposta essencial. De acordo (Laudon; Laudon, 2023, p. 340): “Os sistemas integrados apresentam um conjunto de módulos de software integrados e um banco de dados central por meio do qual os processos de negócios e as áreas funcionais em toda a empresa podem compartilhar dados”.

Desta forma, os sistemas de ERP têm desempenhado um papel transformador nas organizações, revolucionando a maneira como os negócios são conduzidos e aprimorando a análise de negócios. Os Sistemas de ERP atuam como impulsionadores essenciais para a análise de negócios em organizações modernas, examinando suas capacidades, benefícios e contribuições para a tomada de decisões informadas.

Os sistemas de ERP desempenham um papel decisivo na análise de negócios, unificando e centralizando dados na totalidade da organização. Esses dados são compartilhados diretamente para os diferentes processos de negócios e todas as áreas funcionais do âmbito empresariais (Moura 2022). Eles integram informações de diferentes setores, como finanças, estoque, vendas e RH, em um exclusivo sistema. Isso elimina os arquivos de dados que costumavam prejudicar a comunicabilidade e a ajuda interna, permitindo uma visão abrangente das operações.

A aplicabilidade operativa é executada de acordo com as conformidades dos processos e procedimentos estabelecidos nas organizações empresariais sem nenhuma falha, gerando assim resultados positivos. (Garcia, 2016). Ao ter acesso a dados precisos e atualizados na totalidade da organização, as equipes de análise podem identificar correlações, tendências e insights que seriam difíceis de discernir em sistemas isolados.

Estão equipados com meios evoluídos de análise e inteligência de negócios. Eles permitem que os especialistas de análise executem consultas complexas, gerem relatórios personalizados e utilizem ferramentas de visualização de dados para representar informações de maneira compreensível.

Os sistemas ERP podem incorporar análises preditivas e de tendências, ajudando as organizações a antecipar mudanças no mercado e identificar oportunidades antes que se tornem evidentes. As organizações são capazes, mediante a sua cultura organizacional de unir integralmente os seus colaboradores em prol do desenvolvimento e sucesso deste processo (Kops, 2019). Isso capacita as equipes de análise a fornecer informações valiosas para a alta administração e os tomadores de decisão.

A análise de dados proveniente dos sistemas ERP é indiscutível para a tomada de decisões estratégicas. Os dados fornecidos pelos sistemas ERP ajudam as organizações a avaliar o desempenho atual, identificar áreas de melhoria e tomar decisões informadas sobre investimentos, expansões, restrições de despesas entre outros mais.

Com as informações precisas e rápidas à sua disposição, os líderes podem tomar decisões ágeis e estratégicas que impulsionam a expansão e a competividade da organização ( Moura, 2022).

Portanto, é indiscutível o mérito da implantação dos sistemas ERPs, porque eles integram e auxiliam todas as organizações empresariais a atingir a excelência operacional de forma ágil e eficiente. (Laudon; Laudon, 2023). Essa integração não apenas reduz erros decorrentes de dados desatualizados ou inconsistentes, mas também cria um ambiente onde análises interdisciplinares podem ocorrer de forma mais eficaz.

Os Sistemas ERP representam uma peça fundamental no quebra-cabeça da análise de negócios nas organizações. Eles unificam dados, fornecem ferramentas avançadas de análise e apoiam a tomada de decisões estratégicas. Como resultado, as organizações que executam sistemas ERP estão em melhor posição para prosperar em um âmbito de negócios cada vez mais competitivo, utilizando dados para impulsionar o sucesso e a inovação.

2.1 Como é o desenvolvimento dos sistemas ERP e seu papel.

O desenvolvimento dos Sistemas de ERP tem sido uma jornada notável na evolução da tecnologia e sua influência nas operações empresariais (Laudon; Laudon, 2023). Desde suas origens até sua atual complexidade e alcance, os sistemas ERP desempenharam um papel primordial nas organizações. Todavia o desenvolvimento desses sistemas e seu papel indiscutível no ambiente empresarial moderno.

O desenvolvimento dos Sistemas ERP é possível retratar sua ordenação desde as suas raízes nos períodos de 1960 e 1970, quando os primeiros sistemas de gestão de materiais e produções começaram a surgirem. No entanto, foi nos períodos seguintes que esses sistemas evoluíram significativamente, podemos neste contexto, citar alguns marcos importantes no desenvolvimento dos Sistemas ERP:

Era da MRP e MRP II (1970-1980): Os sistemas de Planejamento de Requisitos de Material (MRP) foram os precursores dos ERP modernos, focando principalmente no gerenciamento de inventário e produção. A evolução para o MRP II trouxe recursos adicionais, incluindo planejamento de capacidade e gestão de recursos.

Integração de Processos (1990-2000): Durante o período de 1990, os sistemas ERP introduziram a ampliação dos principais processos de negócios, como finanças, RH e gerenciamento de relacionamento com o cliente (CRM). Isso permitiu uma integração mais ampla das operações organizacionais.

Era da Nuvem e Mobilidade (2000-presente): Com o avanço da tecnologia, os sistemas ERP migraram para a nuvem, tornando-se mais acessíveis e escaláveis. Além disso, a mobilidade tornou-se uma parte integrante dos sistemas ERP, permitindo conectar as informações críticas em variados lugares e momentos.

Os Sistemas ERP desempenham um papel multifacetado nas organizações modernas:

Integração e Centralização de Dados: Eles unificam informações de vários departamentos e áreas operacionais, eliminando arquivos de dados e proporcionando uma visão abrangente das operações.

Aprimoramento da Eficiência: Automatizam processos, reduzindo erros e melhorando a aplicabilidade operativa.

Tomada de Decisões Informadas: Fornecem dados precisos e rápidos que capacitam os tomadores de decisão a tomá-las baseadas em diversas informações e estratégicas.

Suporte à Conformidade: Auxiliam na conformidade regulatória ao rastrear e relatar dados financeiros e operacionais de forma precisa.

Neste contexto, o desenvolvimento contínuo dos Sistemas ERP é um testemunho do seu valor nas organizações. Desde as suas origens modestas até a sua transformação em sistemas abrangentes e altamente integrados, os ERP desempenham um papel indiscutível no aperfeiçoamento das ações e na capacitação das empresas a prosperar em um âmbito de negócios em constante evolução (Laudon; Laudon, 2023). À proporção que a tecnologia continua a avançar, é provável que os sistemas ERP desempenhem um papel ainda mais vital nas estratégias empresariais do futuro.

2.2 Qual o verdadeiro impacto dos sistemas ERP na tomada de decisões em prol da ampliação da visão organizacional?

Os sistemas de ERP revolucionaram a maneira como as organizações empresariais conduzem seus negócios e tomam decisões. Essas poderosas ferramentas integradas não apenas centralizam dados críticos de várias áreas operativas, conjuntamente têm um impacto significativo na tomada de decisões, capacitando as organizações a ampliar sua visão e tomar medidas informadas.

Porque o ERP possui uma excelente capacidade de fornecer informações dispendiosas para uma melhoria significativa na tomada de decisões (Laudon; Laudon, 2023). Entretanto, o impacto dos Sistemas ERP na tomada de decisões contribuem significativamente para a ampliação da visão organizacional.

São conhecidos por sua capacidade de reunir informações de departamentos como finanças, estoque, vendas e RH em uma exclusiva plataforma integrada. Essa unificação de dados elimina arquivos de informações e cria uma fonte única de verdade, permitindo que a equipe de gestão acesse informações consistentes e atualizadas. Como resultado, os líderes podem tomar decisões com base em dados confiáveis e precisos, e não de informações fragmentadas e desatualizadas ( Moura, 2022).

Seus equipados com meios evoluídos de análise de dados e geração de relatórios. Eles oferecem ferramentas poderosas que permitem aos tomadores de decisão explorar dados, identificar tendências e visualizar informações de maneira eficaz. Isso amplia a visão organizacional, permitindo que os líderes compreendam melhor o desempenho da empresa, identifiquem áreas de oportunidade e prevejam possíveis desafios (Kops, 2019).

Imenso apoio à tomada de decisões estratégicas: a capacidade dos Sistemas ERP de fornecer informações rápidas é essencial para a tomada de decisões estratégicas. Os líderes podem acompanhar a atuação da agilidade, identificar problemas imediatos e ajustar suas estratégias conforme necessário ( Moura, 2022).

Além disso, a análise de dados históricos e as projeções futuras fornecidas pelo ERP permitem que as organizações empresariais tomem decisões que impulsionem o crescimento, identifiquem oportunidades de mercado e se adaptem às mudanças nas condições comerciais.

O amplo acesso à informação, as informações críticas não estão mais restritas a um único departamento. Todos os níveis da organização têm acesso às informações relevantes para suas funções, o que promove uma compreensão mais ampla do negócio e ajuda a alinhar os esforços dos envolvidos em direção aos objetivos estratégicos.

Os Sistemas ERP têm um impacto significativo na tomada de decisões e na ampliação da visão organizacional. Porque o ERP possibilitar gerenciar, rastrear e direcionar todas as ações de tomadas de decisões conseguindo coordenar e compartilhar as averiguações importantes e concretas para o desenvolvimento global das organizações empresariais (Laudon; Laudon, 2023).

Ao unificar dados, oferecer análises avançadas e apoiar a tomada de decisões estratégicas, essas ferramentas desempenham um papel vital na eficácia das organizações modernas. A expansão da visão organizacional permite que as empresas sejam mais ágeis, inovadoras e capazes de enfrentar desafios complexos (Laudon; Laudon, 2023). À proporção que a tecnologia continua a evoluir, os Sistemas ERP continuarão a desempenhar um papel fundamental na capacitação das organizações a se adaptarem e prosperarem em um âmbito de negócios em constante mudança.

2.3 Quais os desafios e melhores práticas na execução de sistemas ERP para análise de negócios?

A aplicabilidade de sistemas de ERP para análise de negócios é uma iniciativa que pode trazer benefícios substanciais para as organizações, mas também apresenta desafios significativos. Os desafios comuns enfrentados pelas empresas ao executar sistemas ERP para análise de negócios, assim como as melhores ações praticáveis para superar esses obstáculos e alcançar sucesso nesse empreendimento crítico.

Destacar os principais desafios na execução de sistemas ERP para análise de negócios:

Custos e orçamento: A aplicabilidade de um sistema ERP pode ser dispendiosa, incluindo custos de software, hardware, consultoria e treinamento. Manter o projeto dentro do orçamento planejado é um desafio constante.

Complexidade: Os sistemas ERP geralmente são complexos e abrangentes, o que resultando em um longo período de execução. A complexidade pode dificultar a adaptação dos sistemas às necessidades específicas da organização.

Resistência à mudança: A introdução de sistemas ERP muitas vezes enfrenta resistência por parte dos funcionários, que podem temer a interrupção das rotinas de trabalho ou a perda de controle sobre seus processos.

Incorporação com sistemas existentes: Integrar um novo sistema ERP com sistemas legados pode ser um desafio, especialmente se os sistemas existentes forem antigos ou não estiverem bem documentados.

Gestão de Dados: Garantir a categoria e a consistência dos dados é essencial para o sucesso da análise de negócios. Problemas de qualidade de dados podem prejudicar a precisão das análises.

Ressaltar as melhores práticas para superar desafios:

Planejamento estratégico: Inicie com um planejamento estratégico sólido que identifique objetivos claros e defina o escopo do projeto. Um plano bem elaborado ajudará a manter o projeto dentro do orçamento e no prazo.

Envolvimento dos funcionários: Envolver os funcionários desde o início é fundamental. Comunique os benefícios da mudança, forneça treinamento adequado e crie um ambiente de suporte à transição.

Seleção cuidadosa do fornecedor e do software: Escolha um fornecedor confiável e um software que atenda às necessidades específicas da sua organização. Avalie as referências e as experiências de outras empresas que já executaram o mesmo sistema.

Gestão de projeto eficiente: Estabeleça uma equipe de gestão de projeto experiente e eficiente para supervisionar todas as fases da execução. Monitore regularmente o progresso e ajuste o plano conforme necessário.

Qualidade de Dados: Execute políticas e processos de gestão de dados para garantir que os dados sejam limpos, precisos e consistentes. Isso é crucial para a qualidade das análises de negócios.

A aplicabilidade de sistemas ERP para análise de negócios é uma iniciativa complexa, mas os benefícios potenciais são significativos (Moura, 2022). Ao enfrentar desafios comuns com uma abordagem estratégica e a adoção de melhores práticas, as organizações empresariais podem maximizar o retorno sobre o investimento e obter uma visão mais profunda e informada de suas operações, impulsionando assim a capacidade e a competitividade no mercado. O sucesso na execução de sistemas ERP depende da capacidade de superar desafios com determinação e planejamento adequado.

3 Considerações Finais

Em um cenário empresarial cada vez mais complexo e competitivo, a importância dos sistemas ERP na análise de negócios não pode ser subestimada. Este artigo destacou como os ERP se tornaram a espinha dorsal da tomada de decisões informadas e estratégicas nas organizações. Ao integrar dados de várias áreas operacionais e oferecer uma visão consolidada das operações, os sistemas ERP permitem uma compreensão mais profunda das tendências, desafios e oportunidades do negócio.

A capacidade dos ERP de fornecer informações com rapidez é particularmente valiosa em um âmbito de negócios dinâmico. Isso permite que as empresas ajam de forma proativa diante das mudanças do mercado, antecipando-se a problemas e identificando oportunidades de crescimento. Além disso, a automação de processos e a geração simplificada de relatórios resultam em maior eficiência operacional e permitem que os especialistas de análise se concentrem no que realmente importa: interpretar os dados para orientar as decisões estratégicas.

Os sistemas ERP não são apenas ferramentas tecnológicas, mas sim parceiros estratégicos na análise de negócios. Eles capacitam as empresas a adotarem abordagens mais baseadas em dados, fortalecendo sua competitividade e rapidez. Em um mundo empresarial em constante evolução, investir na execução e no aperfeiçoamento de sistemas ERP é uma escolha indiscutível para qualquer organização que busque uma vantagem competitiva sustentável.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Garcia, E. O. P. Visão sistemática da organização. [recurso eletrônico]. Curitiba. Intersaberes, 2016. Acessado em: https://plataforma.bvirtual.com.br. Acesso em: 10 set. 2023.

Kops, D. (2019). Gestão organizacional e empresarial: cogitando possibilidades [recurso eletrônico] (1a ed.). Caxias do Sul, RS: Educs. Acessado em: https://plataforma.bvirtual.com.br. Acesso em: 10 set. 2023.

Laudon, K. C.; Laudon, J. P. (2023). Sistemas de informação gerenciais: administrando a empresa digital. [recurso eletrônico] (17ª ed.). São Paulo: Grupo A. Acessado em: https://plataforma.bvirtual.com.br. Acesso em: 10 set. 2023.

Moura, V. F. (2022) Análise de negócios e vantagem competitiva. [e‐book] Flórida: Must University

Moura, V. F. (2022) Enterprise Resource Planning (ERP). [e‐book] Flórida: Must University

Moura, V. F. (2022) Métodos para tomada de decisão. [e‐book] Flórida: Must University

Moura, V. F. (2022) Sistema de informação. [e‐book] Flórida: Must University

Samartin, C. (2021). A inovação no modelo de negocio como um processo a ser repetido. [e‐book] Flórida: Must University.


1 Graduação em Pedagogia. Especialização em Gestão Pública. Mestrando em Administração pela Must University. E-mail: [email protected]